Quem somos?

Katarina Kartonera é um projeto editorial de caráter literário, com um pensamento sem fronteira, autônomo, sem auspício oficial institucional algum, que visa publicar literatura e narrativas contemporâneas, sempre oferecendo oficinas para produções de livros, artesanais e ecológicos, pela democratização da literatura.

A proposta segue basicamente os padrões de outras cartoneras sul-americanas, por exemplo, Eloísa Cartonera (Arg.), Yiyi Jambo (PY), Sarita Cartonera (Peru), e outras tantas que a serviram de inspiração. Katarina se refere ao estado de Santa Catarina (BR); Kartonera é uma referência ao modelo de produção dos livros, feitos artesanalmente a partir dos papelões (cartón ondulado em espanhol), material reciclado com que se faz as capas, e em parceria com os catadores de papelão.

Cartonerismo é o nome sugerido ao movimento, um fenômeno que tem origem na argentina em 2003. Já esta editora alternativa aqui desdobrou-se de uma pesquisa de bacharelado, por Rodrigues, posteriormente de mestrado, na Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC, área de concentração das teorias literárias, e, sobretudo, depois de muitos encontros, desde o final do ano de 2008, entre escritores, intelectuais e artistas da região sul do Brasil.

Em Santa Catarina, cidade Florianópolis, igualmente exercendo atividades itinerantes país afora, publica narrativas e literaturas contemporâneas, promovendo oficinas literárias, transformando papelão (lixo) recolhido pelos catadores em objeto de arte: livros com capas pintadas à mão e que por isso mesmo nunca se repetem; esculturas, pinturas e outros objetos, fomentando projetos sociais relacionados à leitura, difundindo literatura latinoamericana e divulgando trabalhos destes artistas para toda parte do mundo.

Publica desde jovens vanguardistas até escritores consagrados, como no livro Sempre, para sempre, lá e cá, de Aurora Bernardini, O Sexo Vegetal, por Sérgio Medeiros e O Gato Peludo e o Rato-de-Sobretudo, de Wilson Bueno, entre outros.
As obras desta editora já fazem parte de importantes acervos, por exemplo, Casa da Gávea (RJ), University of Texas at Austin — USA, University of Wisconsin — Madison — USA, Universidad Vigo (ESP), e catálogos, como University Harvard etc.

Katarina kartonera já participou de importantes eventos, entre outros, IV Simpósio Roa Bastos — Imaginários Bélicos (09/10/2009), na Universidade Federal de Santa Catarina — UFSC, sob o título Katarina Kartonera e outras perspectivas editoriais, A Arte e as Exceções: O portunhol selvagem e outras propostas contemporâneas, na Casa da Gávea, 2009, Rio de Janeiro, da 5ª Feira Nacional do Livro de Poços de Caldas, 2010, como organizadora do evento comemorativo Yiyi Jambo completa 3 anos & Katarina Kartonera completa 2 anos, na Casa das Rosas, São Paulo, 2010, da 1ª Feria del Libro Kartonero del Mercosur, 2011, no Centro Cultural Manzana de la Rivera, cidade de Assunção, Paraguai, Salão Internacional do Livro, Foz do Iguaçu-PR, 2012, XXIII Feira do livro infantil do SESC, XX Feira do livro de Ijuí, 6 a 11 de novembro de 2012, e Oficinas cartoneras, edital Biblioteca Nacional / Funarte de circulação literária, 2012 / 2013.

Esteve reunida (2019) com grupo de pesquisadores da Pós-Graduação em Estudos da Tradução, Universidade Federal de Santa Catarina, intermediados pela disciplina Tradução Comentada, orientados pela professora Dirce Waltrick do Amarante

Deste contato, surgiu a publicação de Ojepotá e outros três tristes contos tétricos: uma antologia que contempla um conto do francês Guy de Maupassant (1850-1893), um do uruguaio Horacio Quiroga (1878-1937), um terceiro da norte-americana Shirley Jackson (1916-1965), e uma narrativa oral mbyá-guarani; também O gato e el diablo, de James Joyce, traduzido pelo Félix Lozano Medina e ilustrado por Alison Silveira Morais.

São essas parcerias que levaram KK por um decênio de atuação.

Fundador e Editor responsável: Evandro Rodrigues

Conselho Editorial: Dr. Sérgio Medeiros e Drª Dirce Waltrick do Amarante

Salvo indicação em contrário, o conteúdo desta página é licenciado sob Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License